Contratar ou não uma Babá?

Contratar ou não uma Babá?

As mulheres que já têm filhos ficam sempre em dúvida sobre buscarem uma ajuda para cuidarem das crianças. Várias questões ficam na cabeça, como o fato de dividir a atenção e o amor dos filhos com outras pessoas, o sentimento negligenciar os cuidados com as crianças, o medo de contratar pessoas que não estejam devidamente qualificadas ou que possam colocar em risco a vida e a dignidade dos pequenos. Apesar de todos os conflitos, a contratação de uma babá pode ajudar muito em casos particulares, como quando as mães trabalham fora ou quando já têm um filho e engravidam pela segunda vez, tendo que dar conta dos cuidados dobrados.

O mais importante sobre contratar ou não uma babá é levar em conta o sentimento da mãe. Quando for necessário, é fundamental procurar uma pessoa qualificada, com referências e que transmitam confiança para a família. Confira os prós e contras em contratar uma babá e tire suas conclusões sobre a necessidade de ter uma profissional para ajudar nos cuidados com os filhos.

Dicas para contratar babá

Prós de contratar uma babá

A contratação de uma babá é uma questão de escolha e necessidade para as mães. Entre os prós de contratar uma babá, podemos citar: 

  1. A atenção individualizada que a profissional dará à criança, o que não acontece em creches ou escolinhas, onde as professoras precisam dar atenção a muitas crianças ao mesmo tempo.
  2. Criação de vínculo e uma relação de afeto. As babás geralmente se apegam às crianças, tratando-as com amor verdadeiro e muita dedicação.
  3. O filho será cuidado no ambiente familiar, ou seja, ele não terá que sair de casa, o que facilita a vida da mãe quando os pequenos estão com febre ou outro problema de saúde.
  4. A contratação de uma babá é uma opção econômica e com melhor custo-benefício do que as creches e os berçários, na maioria dos casos.

Contras de contratar uma babá

Em alguns casos, as mulheres podem notar alguns problemas a serem considerados na hora de contrarar uma babá. Confira alguns pontos que devem ser levados em consideração antes de tomar uma decisão:

  1. A legislação trabalhista do Brasil exige que as babás sejam contratadas pelo regime CLT. Isso implica o pagamento de uma série de impostos. Antes de decidir, vale a pena realizar uma análise do orçamento familiar.
  2. Outro ponto que deve ser levado em consideração é a confiança que a família terá que depositar na babá. Em casos em que não se desenvolve uma relação de confiança, é melhor que a profissional seja dispensada. Existem algumas empresas especializadas na terceirização de mão de obra de babás. Essa pode ser uma boa escolha!
  3. A contratação de uma babá evita que as crianças convivam e estabeleçam amizades com outras crianças, como acontece nos berçários e escolinhas. O ideal é marcar encontros de babás em parquinhos e praças para que as crianças possam estabelecer uma interação e tenham oportunidade de brincar com outras crianças.

Já passou por essas dúvidas? Compartilhe conosco sua experiência. Quem sabe sua experiência não pode ajudar outras mamães?



Promoções com Até 40% de Desconto

Promoções
@
produtos_rodape, produtos_lateral